quarta-feira, 18 de julho de 2012

Filhos e Internet


Seja amigo de seu filho... no Facebook
Enrique Mujica
Atualmente há cada vez mais pais de família alarmados com o tempo que seus filhos dedicam às redes sociais como o Facebook. Ao medo de que encontrem desconhecidos, soma-se agora um risco não menos nefasto: a perda do tempo.
Não se trata de nenhum medo descabido, se considerarmos a evidência de que ao maior tempo dedicado às redes sociais, corresponde um menor tempo dedicado à vida acadêmica. Ou seja, mais horas na internet, pior rendimento escolar.
Nos Estados Unidos foi lançado o livro “Facebook para os pais”, de Linda e B. J. Fogg, um “manual” para os pais se ajudarem e ajudarem os filhos a utilizar adequadamente as redes sociais, particularmente o Facebook. Uma das recomendações que o livro oferece é evitar espiar os filhos e procurar auxilia-los melhor. E a pergunta que vem como consequência é: como?
Psicóloga e mãe de oito filhos, Linda Fogg responde: “Vigiar não quer dizer julgar e menos ainda espiar, sobretudo porque uma vez perdida a confiança de uma criança, é mais difícil recupera-la”.
E acrescenta: “Ensinemos a nossos filhos que devem proteger a informação sensível – por exemplo, o endereço de casa, da escola, número do telefone - e expliquemos-lhes como fazer isso. Convençamo-los que tudo aquilo que colocam na web, inclusive fotos, é “incancelável” e que compartilhar a informação com “os amigos dos amigos” - em lugar de só escolher a opção “só amigos”- é como dar a informação a qualquer um”.
Um modo concreto de exercer esta vigilância é precisamente nos convertermos, desde cedo, em “amigos” digitais dos filhos na rede social, não só no Facebook mas em todas as que eles usam (Orkut, twitter, etc.).
E aqui começa o trabalho próximo e amoroso de um pai de família. Trabalho que significa fazer o filho entender que quando tiver uma dúvida ou problema, também no “mundo digital”, o pai e a mãe estarão também ali para ajuda-lo e cuidar dele.
Vocês poderão propor aos filhos mais arredios aceitar os próprios pais como amigos, até mesmo deixar os pais como “amigos” de segunda categoria, dando-lhes aceso a apenas a certo nível de informação.
Em 12 de setembro de 2010 o jornal “Il Corriere della Sera” publicou na seção de saúde 10 conselhos dirigidos aos pais:
  1. Elaborar, em conjunto com os filhos, regras para navegação na internet e sobre como e quais informações podem ser compartilhadas, de modo que os filhos se sintam participantes na elaboração e responsáveis em cumprir o que eles mesmos puderam propor razoavelmente.
  2. Em casa, colocar o computador num lugar visível, comum a todos. De preferência fora do quarto.
  3. Aos pais, aprender a usar a internet.
  4. Instalar no computador ferramentas e sistemas de proteção (não apenas ferramentas antivírus, mas também filtros de conteúdo).
  5. Falar habitualmente com os filhos sobre o uso que fazem da internet.
  6. Recomendar-lhes e recordar-lhes que na web não é recomendável dar ou deixar dados pessoais como endereço de residência ou telefone, nome da escola onde estudam, etc.
  7. Recomendar jamais pedir ou enviar fotos ou vídeos pessoais de forma online e menos ainda reparti-los com quem não se conhece pessoalmente.
  8. Ser claros nos riscos que se derivam do contato com desconhecidos na internet (pedofilia, sequestros, violência, etc.). Avisar que nem todo mundo é quem se diz ser.
  9. Evitar o uso da internet à noite. Habitua-los a sempre avisar os pais que irão usar a internet e, se estiverem num chat (sala de bate-papo na internet), com que estarão “chateando”.
  10. Navegar e “chatear” juntos com seus filhos, ao menos inicialmente, para orienta-los na prática sobre o que é a privacidade na internet e como se relacionarem nesse ambiente.
Ainda que redes sociais como Facebook especifiquem que são para maiores de 13 anos, a realidade é que cada vez mais crianças obtêm perfis nesta e em outras redes sociais. Um pai de família convertido em “amigo” é um recurso de proximidade e um apoio moral para todos estes adolescentes que estão formando sua personalidade.
criança com camiseta do facebook

Fonte: Mujer Nueva - www.mujernueva.org
 
Publicado no Portal da Família em 09/07/2012

quinta-feira, 12 de julho de 2012

7 dicas para ter mais tempo na sua rotina



O blogueiro Christian Barbosa , especialista em produtividade pessoal, fez uma lista de sete itens básicos que você deve ter na cabeça para ter mais tempo na sua rotina
Christian Barbosa, da 
Alexandru Vladoiu/Dreamstime.com
Executivo e ampulheta
Ter mais tempo está na lista das coisas que as pessoas mais querem
Descubra como você utiliza o tempo
Todas as tarefas que você realiza são distribuídas em uma das esferas da Tríade do Tempo: existem atividades urgentes – em que o prazo está curto ou acabou, atividades importantes – que trazem resultado e possuem tempo para serem realizadas e atividades circunstanciais – que não agregam valor e fazem você apenas perder tempo.
Saber a forma como utiliza seu tempo ajudará você a se planejar, pois seu foco será reduzir as atividades urgentes (priorizando-as para que sejam eliminadas rapidamente), aumentar as tarefas importantes (que ajudam a reduzir as urgências, o que você equilibrado) e eliminar as circunstanciais (aprendendo a dizer não ou simplesmente excluí-las da sua rotina).
Planeje-se!
Ter mais tempo para vida pessoal e profissional é prevenir problemas e priorizar aquilo que você quer. Esso é o processo de antecipação que é fundamental na gestão de tempo.
Para isso, planeje sua semana com antecedência ou pelo menos 3 dias a sua frente, veja o que pode gerar urgências e crie atividades de prevenção.
Escolha uma ferramenta
Agenda, Iphone, Outlook, Neotriad, caderno, etc – eleja uma plataforma que faça com que você tire as pendências e tarefas da cabeça e as centralize em um lugar confiável. Utilize essa ferramenta para se planejar e antecipar seus problemas.
Limite seu horário de trabalho
Muitas vezes precisamos de horas extras para conseguir cumprir todas as prioridades do dia. Isso acontece porque sabemos que temos esse tempo adicional.
Se fosse uma obrigação você sair exatamente no seu horário (algo do tipo quando apagam as luzes do escritório) com certeza você seria mais centrado e por consequência mais produtivo. Experimente criar esses "limitadores" para você no dia-a-dia.
Ache um hobby
Descubra algo que gosta de fazer e priorize na sua agenda. Quando fazemos coisas que nos trazem descanso, conforto e satisfação, temos a tendência a ir em direção desses compromissos e evitamos ao máximo que o dia seja desfocado.
Você já reparou que quando alguém do escritório joga futebol com amigos durante semana, como ele sempre consegue sair no horário naquele dia?
Organize a papelada
Organize seu local de trabalho, sua papelada, suas revistas e seus armários. Assim você terá mais facilidade para encontrar o que precisa.
Estima-se que uma pessoa gasta 40 minutos por dia localizando informações… e isso é muito tempo perdido.
Priorize seu dia – todos os dias
Faça uma lista de atividades que precisa executar no dia, calcule a duração de cada tarefa (para checar se dá tempo de fazer tudo) e ordene na sequência de execução. Foque nessa lista.
Quando você chegar ao fim do dia puder riscar tudo aquilo que conseguiu cumprir, a sensação será de começar o dia seguinte zerado.
(Revista Exame).

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Sinto Dizer Que Sem Esforço Nada Vai Acontecer


Postado em 8 de julho de 2012 · por Profª. Rita Alonso - a Toque Motivacional ·  

Se Você não se decidir pelo primeiro passo, se Você não sair desse quarto, nem os anjos e nada pode te ajudar, se Você não se ajudar!
Quer emagrecer?
Caminhe todos os dias, pare de dizer que não tem dinheiro para a academia.
A rua é livre, de graça e está te esperando, seja noite, seja dia.
Quer um novo emprego?
Estude algo novo, aprenda um pouco mais do seu ofício, faça a diferença e as empresas vão correr atrás de Você!
Quer um novo amor?
Saia para lugares diferentes, assista a um bom filme, leia um bom livro, abra a cabeça, mude os pensamentos, e o amor vai te encontrar no metrô, no ônibus, na calçada, e em qualquer lugar, pois você será de se admirar.
Pessoa que encanta só de olhar…
Quer esquecer alguém que te magoou?
Enterre as lembranças e o infeliz!
Valorize-se criatura!
Se você se valoriza, sabe quanto vale, sabendo quanto vale não se troca por qualquer coisa.
Se alguém te deixou é porque não sabe o seu valor.
Logo, enterre a criatura no lago dos esquecidos.
E rumo ao novo que o novo é sempre mais gostoso…
Quer deixar de dever?
Pare de comprar.
Não faça dívida para pagar dívidas!
Nunca! Jamais!
Faça poupança e pede para o povo esperar.
“Devo, não nego, pago quando puder.”
Assim, a cabeça fica livre e Você vai trabalhar.
Em breve, não terá mais nada para pagar…
Quer esquecer uma mágoa?
Limpe o seu coração, esvazie-se…
Quem tem equilíbrio não guarda mágoas.
Só as pessoas com problemas emocionais é que se ressentem.
Ficam guardando uma dor, alimentando como se fosse de estimação.
Busque o equilíbrio emocional. Doe-se, ame mais e tudo passa.
Quer viver bem?
Ame-se!
Felicidade é gratuita, não custa nada.
É fazer tudo com alegria, nos mínimos detalhes.
Pergunte-se e se achar resposta que te satisfaça, comece tudo de novo:
- Pra que 2 celulares (1 pra cada orelha?)?
- Pra que 3 computadores, se não tem uma empresa?
A vida pede muito pouco e nós precisamos de menos ainda.
Acorde enquanto é tempo e comece a mudança, antes que o tempo venha e apite o final do seu jogo!
Espero que Você pelo menos tenha vencido a partida.
Seja feliz!
Gaefke

domingo, 8 de julho de 2012

"VOCÊ É UM EVELHESCENTE"???



Mário Prata


Se você tem entre 45 e 65 anos, preste bastante atenção no que se segue.Se você for mais novo, preste também porque um dia vai chegar lá.E se já passou confira.Sempre me disseram que a vida do homem se dividia em quatro partes, infância, adolescência, maturidade e velhice.Quase correto. esqueceram de nos dizer, que entre a maturidade e a velhice (entre os 45 e 65 anos) existe a Evelhecência.
Add captioEVELHESCÊNCIA.
Engana-se quem acha que o homem maduro fica velho de repente.
Assim da noite para o dia.
Não!!!
Antes a evelhescência!!!
E, se você está em plena evelhescência, já notou como ela é parecida com a adolescência?
Coloque os óculos e veja como este novo estágio é maravilhoso.
Já notou que andam aparecendo algumas espinhas em você?
Assim como os adolescentes, os evelhescentes também gostam de meninas de 20 anos.
Os adolescentes mudam a voz.
Os evelhescentes também.
Mudam o ritmo de falar, mudam o timbre.
Os adolescentes querem falar mais rápido; os evelhescentes querem falar mais lentamente.
Os adolescentes não tem idéia do que vai acontecer com eles daqui a 20 anos.
Os evelhescentes evitam pensar nisso.

A evelhescência nada mais é do que uma preparação para entrar na velhice, assim como a adolescência é uma preparação para a maturidade.
Add caption

Ninguém entende os adolescentes... Ninguém entende os evelhescentes...
Ambos são irritadiços, enervam-se com pouco.
Acham que já sabem de tudo e não querem palpites em suas vidas.
Às vezes um adolescente tem um filho, é uma coisa precoce.
Às vezes um evelhescente tem um filho, é uma coisa "pós-coce"
Os adolescentes não entendem os adultos e acham que ninguém os entende.
Os evelhescentes também não entendem eles.
"Ninguém me entende" é uma frase típica de evelhescente.
Quase todos os adolescentes acabam sentados na poltrona do dentista e no divã do analista.
Os evelhescentes também.
A contragosto, idem.
O adolescente adora usar um tênis e uns cabelos "da hora".
O evelhescente também.
Sem falar nos brincos.
Ambos adoram deitar e acordar tarde.
O adolescente ama assistir um show de artista evelhescente.
O evelhescente ama assistir a um show de um artista adolescente.
O adolescente faz de tudo para aprender a fumar.
O evelhescente pagaria qualquer preço para deixar o vício.
Ambos bebem escondido.
O adolescente esnoba que dá três por dia.
O evelhescente quando diz uma a cada três dias está mentindo.
A adolescência vai dos 10 aos 20 anos.
A evelhescência vai dos 45 aos 65.
Depois, sim, virá a velhice que nada mais é que a maturidade do evelhescente.
Daqui a alguns anos, quando insistirmos em não sair da evelhescência para entrar na velhice, vão dizer:
"É um eterno evelhescente"!

.....Que bom!!!

sábado, 7 de julho de 2012

Amadurecimento


A dádiva do tempo é nos fazer perceber que amadurecimento não significa idade, mas sim, acúmulo de sorrisos, que passaram a existir depois de muitas lágrimas derramadas.
Bruno Raphael da Cunha Dobicz

Não importa a intensidade do seu sofrimento e sim o quanto ele contribuiu para o seu amadurecimento
Jennifer kelly
O tempo é o responsável em apaziguar conflitos, trazer amadurecimento e imortalizar conquistas.
Bruno Raphael da Cunha Dobicz
Aprendi com os meus erros e assim consegui o amadurecimento desejado, só assim vou aproveitar
com qualidade a minha felicidade.
Cris
Durante o nosso processo de amadurecimento temos que fazer algumas escolhas. Conviver com aqueles e com o que nos faz bem e nos agrega é importante. Logo afastar-se das pessoas negativas, invejosas e pessimistas acaba sendo inevitável.
Deise Barreto

Lembre-se disso...


Quando vc era bem pequeno...
  
...eles gastavam horas lhe ensinando a usar talheres nas refeições...
 
... ensinando você a se vestir, amarrar os cadarços dos sapatos, fechar os botões da camisa..
  
Limpando-o quando você sujava suas fraldas lhe ensinando a lavar o rosto a se banhar a pentear seus cabelos...

...lhe ensinando valores humanos...

Por isso...

...quando eles ficarem velhos um dia...e seria bom que todos pudessem chegar até aí (não preciso explicar...não é?)

...quando eles começarem a ficar mais esquecidos e demorarem a responder...

...não se chateie com eles...

...quando eles começarem a esquecer de fechar botões da camisa, de amarrar cadarços de sapato...

...quando eles começarem a se sujar nas refeições...

...quando as mãos deles começarem a tremer enquanto penteiam cabelo...

...por favor, não os apresse...porque você está crescendo aos poucos, e eles envelhecendo...

...basta sua presença... sua paciência... sua generosidade... sua retribuição...

...para que os corações deles fiquem aquecidos...

...se um dia eles não conseguirem se equilibrar ou caminhar direito...

...segure firme as mãos deles e os acompanhe bem devagar respeitando o ritmo deles durante a caminhada... da mesma forma como eles respeitaram o seu ritmo quando lhe ensinaram a andar...

fique perto dêles...assim como...

...eles sempre estiveram presentes em sua vida, sofrendo por você... torcendo por você....
e vivendo "POR VOCÊ"

Quando me Amei de Verdade

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *