segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Os casais e a relação com o dinheiro

(Concordo com este texto e quero compartilhar com vocês.)



         As divergências relacionadas ao dinheiro podem minar os sentimentos levando a destruir até mesmo o amor que existe entre o casal. As discussões entre casais por causa de dinheiro deixam sérios ressentimentos. Eu costumo dizer: “quer atingir alguém, mexa no seu bolso”, o dinheiro é um bem muito cobiçado em nossa sociedade e de vital importância para nossa sobrevivência, e, até mesmo aquele que tem menos apego ao tema não gosta de ver o seu dinheiro sendo utilizado contra seus princípios e vontades, e é justamente esse o ponto principal das divergências entre os casais.

        Por mais apaixonados que estejam cada um tende a seguir seus ideais, ou seja, cada um tem a sua formação e os seus pensamentos com relação ao dinheiro e não adianta querer impor ao seu parceiro o seu ponto de vista, mesmo que você seja o provedor do casal.

     Quando o assunto é finanças entre casais o melhor caminho a seguir é o diálogo, e para que essa conversa não seja unilateral é preciso entender porque seu companheiro pensa dessa ou daquela maneira, quais são seus objetivos pessoais, quais foram suas experiências com o dinheiro na infância e na vida antes do casamento. Casamento também é abdicação. Quando somos solteiros temos prioridades diferentes, quando casamos isso muda e se junta às do nosso companheiro.
Portanto, para que o dinheiro não seja um problema no casamento é necessário planejamento financeiro, definição das prioridades para o casal e entendimento e diálogo entre as partes.

     Agindo assim você estará no caminho certo para manter o equilíbrio e a harmonia no casamento.



Adriano Henrique Pena
Educador e Consultor Financeiro

Nenhum comentário:

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *